sexta-feira, 15 outubro, 2021
DICAS PET – LE PET SANTÉ – 198


Um super presente no dia do veterinário, da Farmácia Le Pet Santé
Neste último dia 09 de setembro, comemorou-se o dia do médico veterinário e a farmácia Le Pet Santé preparou um grande presente para estes profissionais: treinamentos gratuitos sobre tratamento e diagnóstico das principais patologias veterinárias em cães e gatos. “Os treinamentos sobre patologias veterinárias com profissionais qualificados e de reconhecido saber são um grande presente para os veterinários, além de um complemento da nossa área exclusiva do site, que já contava com informações técnicas como bulário, relação de princípios ativos que podem ser utilizados em doenças e sugestões de formulações oftalmológicas, dermatológicas, suplementação, animais exóticos, entre outros.” – afirma Robson França, proprietário da empresa. Para participar, basta acessar o site www.lepetsante.com.br e realizar o cadastro na área exclusiva para veterinários. Após confirmações das informações por WhatsApp o acesso é liberado e o profissional pode acessar todo o conteúdo de forma gratuita. O primeiro treinamento disponível é o de “ulceras de córnea” com a médica veterinária Ana Claudia Voges, especialista em oftalmologia. “Estamos preparando pelo menos mais dois treinamentos para serem disponibilizados ainda este ano em nossa área exclusiva. Entendemos que esta é nossa forma de ajudar o médico veterinário durante o exercício da profissão, além dos serviços que oferecemos (medicamentos palatáveis, produtos estéreis – colírios, pomadas oftálmicas, injetáveis e kits de diagnóstico, comodidade na administração, processo de vendas e logística ágil e fácil), finaliza Robson.

Mais informações: www.lepetsante.com.br – Facebook e Instagram @lepetsante – WhatsApp 99379-5256 –
Telefone: 3907-7077 – Suporte técnico: 98819-9372


Dra. Andrea Mendes fala sobre a importância da medicina veterinária preventiva
A medicina veterinária está cada vez mais com o foco na promoção de saúde e na prevenção de doenças (medicina veterinária preventiva), ao invés do tratamento e controle de doenças (medicina veterinária curativa). “Como os tutores se preocupam cada vez mais com o bem estar dos pets, as práticas preventivas se tornaram mais presentes para garantir a qualidade de vida e longevidade dos pets” afirma a doutora Andrea, proprietária da Clínica Veterinária Casa dos Bichos.
Em qualquer fase de vida, o ideal é levar o animalzinho pelo menos duas vezes ao ano em consultas veterinárias, pois, assim, determina-se as necessidades de cada animal, de acordo com o estilo de vida dele e da família. Nestas consultas, além de orientações sobre a saúde, vacinação e antiparasitários, o animalzinho passa por exames, acompanhamento nutricional e da saúde bucal, possibilitando assim o diagnóstico e tratamento de doenças em fases iniciais. “Com a medicina veterinária preventiva evita-se tristezas e gastos desnecessários para família, pois o tratamento preventivo é muito mais econômico que tratar de forma tardia uma doença” – complementa a doutora.

Mais informações: Av. Ver. Narciso Yague Guimarães, 506 – Mogi das Cruzes – 4799-9709 /99681-7071


Os dentes dos coelhos: que cuidados devemos ter?
Os coelhos são excelentes animais de companhia que cada vez mais são criados como pets, sendo importante ter especial cuidado com os dentes do animalzinho. Ao contrário do que ocorre com a maioria dos animais, os dentes dos coelhos têm crescimento contínuo. “Os dentes incisivos podem crescer aproximadamente um centímetro por mês, exatamente por isso é necessário fornecer uma dieta adequada que auxilie no desgaste dos dentes. Eles são animais herbívoros, então a dieta deve ser aquela que mais se assemelha do que um coelho come na natureza: capim” -– afirma o Dr. Rodrigo Abbud, médico veterinário especializado em animais silvestres. Como nos grandes centros urbanos é um desafio encontrar capim, pode-se fornecer feno, palha de milho ou couve. Sempre dando preferência para folhas mais grossas e fibrosas, pois a alimentação somente à base de ração não promove o desgaste adequado dos dentes – complementa o doutor.
O coelho que não apresenta o desgaste adequado dos dentes, tanto por problemas congênitos ou devido uma dieta inadequada, apresentará alongamento dos dentes, formação de pontas e lesões na cavidade oral. Se seu coelho estiver com sintomas como perda de apetite, alteração nas fezes, salivação ou mau cheiro na boca, pode estar com problemas nos dentes.
A prevenção é a melhor alternativa para evitarmos esse tipo de problema. Visite regularmente um médico veterinário especializado no atendimento de animais silvestres para oferecer uma dieta e ambiente adequados para seu coelho.

Mais informações: Hospital Mundo Animal 24horas, Avenida Antônio Marques Figueira, 1962 e Clínica Mundo
Animal Miguel Badra, Avenida Miguel Badra, 1284, ambos em Suzano – Site: www.centroveterináriomundoanimal.com – Contatos: 4752-1676/4746-3691


Tags: ,

0 Comentários

Deixe um comentário

CLIQUE ABAIXO PARA LER A EDIÇÃO

SIGA A OPINIÃO NAS REDES SOCIAIS

INSTAGRAM

APOIO