sexta-feira, 15 outubro, 2021
Com trabalho e competência, Rodrigo Ashiuchi resgata o orgulho de ser suzanense
O prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi, com a primeira-dama Larissa Ashiuchi

No início deste ano, a cidade de Suzano voltou aos holofotes por um bom motivo: mais uma vez, o município esteve entre os cinco primeiros no levantamento “Desafios da Gestão Municipal (DGM) 2021”, elaborado pela empresa de consultoria Macroplan. Essa é a segunda vez consecutiva que a cidade lidera o cenário regional, conforme a evolução dos índices referentes à Educação, Segurança, Saneamento e Saúde. O resultado é fruto do esforço coletivo guiado pelo prefeito Rodrigo Ashiuchi ao longo dos últimos cinco anos. O ranking, que avalia os serviços essenciais dos cem maiores municípios brasileiros, é uma das principais conquistas recentes. Suzano é a única cidade do Alto Tietê a figurar entre as dez que mais evoluíram na década no País.
Para o prefeito Rodrigo Ashiuchi, o destaque pelo segundo ano consecutivo é resultado do trabalho que vem sendo construído no município. “Percebemos esse reconhecimento sobre o avanço que propusemos a Suzano em 2017. Há quatro anos a cidade era outra, totalmente defasada e com pendências, que aos poucos equalizamos para garantir um futuro melhor a todos”. Outro feito recente em Suzano foi a aparição inédita no ranking geral do “Índice de Cidades Empreendedoras (ICE)”, desenvolvido pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap) em parceria com a organização Endeavor, voltada ao apoio ao empreendedorismo no País. A cidade está na 32ª posição do levantamento nacional em 2021.
Além do reconhecimento no ICE (2021) e no DGM (2020 e 2021), Suzano coleciona destaques em pesquisas de importância nacional, como o estudo “Melhores Cidades para Fazer Negócios 2.0 (2020 e 2018)”, elaborado pela consultoria Urban Systems para a revista Exame, e o “Ranking do Saneamento 2021”, desenolvido pelo Instituto Trata Brasil, o município ocupa a 10ª posição entre aqueles que apresentam os melhores índices em Saneamento Básico no País. De acordo com o estudo, Suzano ainda possui o melhor desempenho do Alto Tietê e é o 6º melhor do Estado. Em relação ao ano anterior, quando ocupava a 15ª colocação no ranking, a cidade avançou cinco posições. Já em 2019, estava em 22º lugar. Ashiuchi avalia que o avanço no saneamento indica que a cidade está crescendo e seguindo o caminho certo. “Ainda temos muito o que melhorar, mas os números mostram que a mudança é visível com gestão e planejamento, batalhando junto à Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) para a realização dos projetos. Ninguém faz nada sozinho, por isso agradeço o apoio do governo do Estado e todas as pessoas envolvidas neste processo, desde os deputados parceiros do município até os operários que atuam na instalação de redes de água e esgoto na cidade”, disse.

Desenvolvimento
Tamanha evolução na cidade levou o prefeito a palestrar neste ano no encontro online “O setor das Smart Cities no Brasil: Desafios e Oportunidades”, promovido pelas Câmaras de Comércio Brasil-Espanha e Brasil-Catalunha. Na oportunidade, o chefe do Executivo destacou a localização estratégica do município, que conta com 206 quilômetros quadrados e abriga pouco mais de 300 mil habitantes em um território situado na Região Metropolitana de São Paulo, com fácil acesso às principais rodovias, aeroportos e portos, tendo como diferencial o porto seco da Companhia Regional de Armazéns Gerais e Entrepostos Aduaneiros (Cragea).
A localização privilegiada beneficia o desenvolvimento do parque industrial e a gama comercial da cidade, apresentando ainda o impulsionamento da geração de emprego nos últimos anos e colocando Suzano no topo do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) no Alto Tietê, uma vez que detém cerca de 60% das vagas abertas no mercado de trabalho entre 2017 e 2020, e repete o crescimento em 2021. Em constante avanço, a cidade tem o terceiro maior Produto Interno Bruto (PIB) do Alto Tietê, com R$ 10,7 bilhões, fator que garante a posição de 34ª economia de São Paulo. A cidade atualmente conta com mais de 6 mil empreendimentos em funcionamento, além de mais de 400 indústrias, cenário que coloca o município em posição de destaque no Estado. De acordo com o prefeito, a tendência é de que o ritmo de desenvolvimento prossiga, indo na contramão daquilo que se observa no macro cenário, “Temos um grande projeto de expansão, que é o Centro Empresarial Logístico (CELS). O equipamento deverá ser construído no bairro Cidade Miguel Badra, atraindo novos investimentos para Suzano e, assim, ofertar mais empregos e qualidade de vida às famílias suzanenses”, conta Ashiuchi.

Educação
No quesito Educação, Suzano também é destaque nacional, sendo o primeiro município brasileiro a elaborar um projeto de investimento à primeira infância. A medida planejada com a assessoria técnica da Fundação Maria Cecília Souto Vidigal prevê um planejamento orçamentário específico que cobre diversos aspectos, que vão desde a construção de creches às políticas públicas de apoio às gestantes.“Este é um trabalho extremamente importante, tanto do ponto de vista simbólico, com o posicionamento pioneiro no Brasil, como do modo operacional, por pensar em nossas crianças suzanenses neste processo de planejamento para os próximos anos. Uma das principais metas da administração municipal para o futuro é a construção de um Plano Municipal da Primeira Infância, ainda em elaboração. Por conta disso, o projeto é fundamental para impulsionar as políticas públicas de assistência às crianças de zero a seis anos de idade”, reforçou Ashiuchi.

Saúde
Na Saúde, a pandemia do novocoronavírus (Covid-19) exigiu uma resposta rápida e eficaz. Uma série de ações garantiram a proteção das famílias, com a implantação da telemedicina, a criação do Hospital de Campanha e do “Covidário” – setor para receber pessoas diagnosticadas com a Covid-19 –, desinfecção por toda a cidade e muito mais. A Secretaria Municipal de Saúde realizou entregas importantes que asseguraram mais oportunidade de atendimento e respaldo à população, como a finalização da nova Unidade de Saúde da Família (USF) da Vila Amorim e a ampliação e reforma do Pronto Socorro Municipal, com 11 leitos exclusivos a pacientes com Covid-19 implantados durante as semanas mais duras da pandemia, somados aos já em operação na cidade, entre Unidades de Terapia Intensiva (UTI), leitos semiavançados e de enfermarias. A cidade, junto ao Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat), ainda conquistou com o governo do Estado vagas no Hospital Dr. Arnaldo Pezzuti Cavalcanti e no Hospital Auxiliar das Clínicas (HC) de Suzano.
Quanto à vacinação, Suzano segue acompanhando o ritmo do Plano Nacional de Imunização (PNI). Ao todo, a campanha na cidade contabiliza mais de 350 mil aplicações. O índice se aproxima de 95% do público maior de 12 anos imunizado com pelo menos uma dose. É importante destacar ainda que a Saúde recebe uma grande atenção desde o começo de 2017, contando com a entrega do Centro de Abastecimento Farmacêutico (CAF), subindo a cesta básica de remédios de 12% para 95% de sua totalidade; com a inauguração das Unidades de Saúde da Família (USFs) do Jardim Brasil, do Jardim Revista e do Jardim Suzanópolis, ao passo em que reformou o Pronto Atendimento de Palmeiras, o Pronto-Socorro (PS) Municipal Adulto e Infantil, além de quase todos os postos de saúde.
“Conseguimos tirar o prédio da Santa Casa de Misericórdia do leilão, apresentando um plano de pagamento de uma dívida que vinha se arrastando há mais de 20 anos. Também contratamos mais médicos e agora solicitei extrema urgência na celeridade das obras da Clínica da Família, que vai substituir a antiga obra abandonada da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim Revista, e da UBS do Jardim Monte Cristo”, detalhou.

Infraestrutura
E foi a inauguração de obras, inclusive, que marcou a gestão, que findou com “esqueletos antigos”: Suzano Skate Park, abandonado por dois anos; Arena Suzano, que foi entregue após duas décadas; e a Marginal do Una, inaugurada depois de 22 anos do começo de sua construção, tendo dado uma nova cara para a mobilidade urbana da cidade, que teve ao longo dos últimos quatro anos 150 quilômetros de recapeamento. “Do trevo Dona Benta, que foi totalmente reformulado, até a rodovia Índio Tibiriçá (SP-31), passando pelas avenidas Francisco Marengo, Vereador João Batista Fitipaldi e Marginal do Una, temos um novo corredor viário que sai da região sul e vai à zona norte. Tivemos bairros totalmente recapeados, como o Jardim Natal, Vila Fátima e Parque Buenos Aires,

Segurança
Apesar da pandemia, assim como na Saúde e na infraestrutura urbana, os serviços continuam a todo vapor em outro setor prioritário: a Segurança. “Realizamos o chamamento de 60 novos agentes da Guarda Civil Municipal (GCM), que vão integrar o patrulhamento diário, e também nossa Central de Segurança Integrada (CSI), que inauguramos em 2019, tendo atuado de forma eficiente no combate à criminalidade no município”, lembrou o prefeito. O armamento e a aquisição de novos equipamentos e veículos, como coletes balísticos, viaturas, base móvel e rádios, e o título da Patrulha Maria da Penha como melhor projeto brasileiro, concedido pelo Fórum Nacional de Segurança Pública, também são algumas das conquistas que Ashiuchi tem orgulho em apontar para a área, que pela primeira vez conta com uma mulher como comandante da GCM. “A igualdade de gênero é uma luta constante que deve unir homens e mulheres por uma sociedade mais justa. Em Suzano, nossa GCM é liderada pela comandante Rosemary Caxito, que tem uma linda trajetória no enfrentamento à violência doméstica. Essa é uma pauta que também avançamos e devo muito à primeira-dama Larissa Ashiuchi, minha companheira com quem aprendo cada dia mais”, contou.

Social
Juntos há mais de 15 anos, o casal Larissa e Rodrigo Ashiuchi assumiram o compromisso com a comunidade suzanense. A primeira-dama preside o Fundo Social de Solidariedade e caminha lado a lado com a Assistência Social na atuação e apoio às famílias que vivem em situação de vulnerabilidade.
“Nossa gestão buscou humanizar os serviços e melhor atender as pessoas, desconstruindo a barreira entre os cidadãos e a prefeitura. Para tanto, nossas ações sociais deram um novo tom à administração pública, com entregas importantes nos últimos anos, como o Centro de Convivência da Melhor Idade Maria Picoletti, o Centro de Referência em Assistência Social (Cras) Jorge Moreira (Casa Branca), o Cras Palmeiras e o Centro Dia do Idoso. Os exemplos demonstram que o bem-estar da população é nossa prioridade”, comentou.

Orgulho suzanense
Em meio a tantos desafios, a busca pelo resgate do orgulho suzanense é o combustível necessário para dar fôlego ao trabalho. Suzanense raiz, Ashiuchi assumiu novamente a missão que lhe foi confiada, com 110.001 votos válidos na última eleição. Para o prefeito, o “orgulho suzanense” está na retomada e na entrega de obras importantes, na geração de emprego, nos investimentos em segurança, saúde e educação. Tudo creditado pela confiança na administração, que já alcançou o título ‘A+’ na Secretaria de Tesouro Nacional. “Na primeira gestão, colocamos a casa em ordem a partir da recuperação financeira e orçamentária, retomada da confiança e união com a população para, finalmente, o município funcionar. O legado que fica é esta nova forma de governar, apoiada na parceria com a sociedade civil, para que todos possam avançar e contribuir por uma cidade melhor”, comenta.

Vôlei
Nesse sentido, Ashiuchi hoje se orgulha com a retomada de outro importante projeto para a cidade com o lançamento do novo time esportivo do município, o Suzano Vôlei. A equipe foi apresentada no último mês de agosto depois do notório sucesso estadual e nacional durante a década de 1990 e início dos anos 2000, carregando a conquista de três Superligas, dez títulos paulistas e oito taças dos Jogos Regionais do Estado de São Paulo.
Articulado para as disputas do Campeonato Paulista e para a Superliga C, equivalente à terceira divisão do voleibol nacional, o elenco reúne atletas jovens e experientes: os líberos Carlos Dayan Alves Barros e Taichi Hangai; os centrais Bruno Felício (Brunão), Gabriel Souza (Gege), Alberto Pedra e Bruno Biella; os levantadores Gustavo Campelo e João Pedro (Matoso); os opostos Caio Alexandre, Guilherme Sabino e William Carboni; além dos ponteiros Sergio Luiz Felix, Matheus Celestino e Kelvin Natan Coelho. “Unir esporte e cultura em prol de nossa cidade significa muito para todos nós. Avançamos muito nos últimos anos. Trazer o vôlei de volta representa melhorar a autoconfiança dos cidadãos, pois esse é um pedaço da história, que continuará sendo escrita a cada saque destes atletas”, afirmou.

Futuro
Além da animação no cenário esportivo, Suzano se prepara para finalizar outros grandes projetos, como a construção do Hospital Federal; da nova Unidade Básica de Saúde (UBS) do Jardim Monte Cristo; da Clínica da Família, no Jardim Revista; do Centro de Iniciação ao Esporte (CIE), no Jardim Santa Inês; e do trecho estendido da rua Sete de Setembro, entre o Jardim Monte Cristo e a Cidade Cruzeiro do Sul. A gestão ainda dará início à elaboração de mais um projeto que será essencial para a mobilidade urbana: o prolongamento da avenida Senador Roberto Simonsen até as estradas dos Fernandes e Santa Mônica, que, assim como a Marginal do Una, abrirá novos caminhos e perspectivas para uma Suzano cada vez melhor.
Além disso, Ashiuchi trabalha para a abertura do Hospital Auxiliar das Clínicas (HC) de Suzano, para que a unidade atenda de portas abertas; para a pavimentação da cidade, a partir da conquista de mais de R$ 100 milhões; e para a construção da alça de saída no Trecho Leste do Rodoanel Mário Covas (SP-21), na avenida Major Pinheiro Fróes (SP-66).“Fomos recorde de entrega de novas escolas e postos de saúde, tendo revitalizado quase 100% das unidades municipais; conseguimos realizar mais de 150 quilômetros de nova pavimentação, chegando aos quatro cantos da cidade; fomos líderes em geração de emprego no Alto Tietê, segundo dados do Ministério do Trabalho; e levamos cursos e ações sociais a milhares de famílias. Todas essas obras e iniciativas só fazem sentido se elas impactam positivamente o dia a dia do suzanense. E tenho certeza que esse conjunto de trabalho transformou nossa cidade”, afirmou.
Por fim, o prefeito compartilha o segredo por traz do sucesso da gestão nesses últimos anos. “Com ética, transparência e lisura seguimos apresentando resultados, reflexo do respeito com o cidadão e com os recursos públicos. Suzano já melhorou bastante, mas estamos longe da perfeição. Ainda há muito por fazer. Com trabalho sério vamos enfrentar os desafios diários, que não são maiores que a nossa disposição”.

Tags: , , ,

0 Comentários

Deixe um comentário

CLIQUE ABAIXO PARA LER A EDIÇÃO

SIGA A OPINIÃO NAS REDES SOCIAIS

INSTAGRAM

APOIO