domingo, 19 maio, 2024
Deus compassivo,mas justo

Tivemos dias maus nos quais carecemos mais do que nunca de misericórdia, amor e compaixão, da parte dos homens, mas, especialmente, da parte de Deus. Só Ele é capaz de consolar e confortar o nosso coração neste tempo de incertezas e tribulação.
A boa notícia é que Deus é rico em misericórdia e essa se renova para conosco em cada manhã, e é a causa de não sermos consumidos, como prevê a Escritura no livro de Lamentações de Jeremias. Assim, muitos vivem fiados nessa bondade e compaixão de Deus, e seguem a vida como se tal fato fosse um fim em si mesmo. Esquecem-se de que Deus é amor, mas, também, é justiça.
É, portanto, preciso evidenciar a benevolência de Deus, mas não desprezar os seus requisitos de uma vida de piedade, largamente, estabelecidos na Bíblia Sagrada. Nesse sentido, falham aqueles que se apegam ao amor de Deus, mas desprezam Sua condenação e ódio ao pecado, muitas vezes se entregando a uma vida dissoluta, como se obtivessem licença para pecar, de forma contumaz, porque já têm o perdão de Deus assegurado. Ledo engano!
Precisamos cuidar de viver justa e, piedosamente, cumprindo assim, a vontade de Deus.
O salmista, rei Davi, no Salmo 51, faz uma profusa confissão, demonstrando profundo arrependimento, e afirmando que “coração compungido e contrito Deus não desprezará “. Portanto, Deus nos acolhe, ainda que pecadores, mas espera de nós o verdadeiro arrependimento, cuja última etapa é o abandono do pecado.
Assim, torna-se, absolutamente, herético o ensino por vários líderes religiosos de nosso tempo que Deus transige com o pecado, porque Ele é amor, e pelo ministério que viveu Cristo, esquecendo-se de que o mesmo Jesus que acolheu a mulher adúltera – certamente porque nela enxergou arrependimento – é aquele que usou de violência com um azorrague para expulsar os cambistas e vendilhões do templo, os quais exploravam a fé do povo. Longe fiquemos daqueles que querem nos convencer de que o homem pode obter a salvação sem a implicação da santificação.

Leonel Zeferino é empresário.

0 Comentários

Deixe um comentário

CLIQUE ABAIXO PARA LER A EDIÇÃO

SIGA A OPINIÃO NAS REDES SOCIAIS

INSTAGRAM

APOIO