sexta-feira, 7 maio, 2021
Amaury Jr. – Edição 194

O roteiro da visita de Príncipe Philip e rainha Elizabeth II ao Brasil

• No dia 09 de abril, a notícia da morte do príncipe Philip aos 99 anos, abalou o mundo todo. Em declaração, o Palácio de Buckingham disse que o Duque de Edimburgo “faleceu pacificamente esta manhã no Castelo de Windsor”, mas a causa da morte não foi revelada.

• Em novembro de 1968, a rainha Elizabeth e o príncipe Philip desembarcaram no Recife sendo recebidos pelo então presidente Arthur da Costa e Silva. A passagem pelo Brasil se estendeu para Salvador, Brasília, São Paulo, Campinas e Rio.

• Durante a agenda cheia da viagem que durou 11 dias, o casal participou de eventos políticos no Itamaraty, em Brasília, além de conhecer o Congresso Nacional, o Supremo Tribunal Federal e a Torre de TV. Em Salvador, a rainha Elizabeth e o príncipe Philip conheceram alguns pontos turísticos e tiveram uma recepção organizada pelo governador Luís Viana Filho que contou com a presença de Jorge Amado.

• Em São Paulo, a Rainha e o Duque de Edimburgo marcaram presença na inauguração da nova sede do Museu de Arte de São Paulo (Masp). Já no Rio, o casal assistiu a um jogo no Maracanã e protagonizaram um momento histórico: a entrega da taça para Pelé. O casal também participou do início da construção da ponte Rio-Niterói antes de seguir viagem para o Chile.

Mesa de Pista – 

• Walter Salles Jr. e seu filme Diários da Motocicleta, que conta uma viagem  do então jovem Che Guevara pelo Brasil e Peru, estão comemorando. O filme foi selecionado entre as 25 obras indicadas este ano para integrar a Biblioteca do Congresso dos EUA.  

• Vem aí um livro para se entender melhor a vida diplomática . Organizado  pela Editora Francisco Alves reunirá artigos de 25 embaixadores de duas gerações, como Rubens Ricupero, Celso Amorim, Marcos Azambuja, Leda Camargo, entre outros .

• Leonel Andrade, presidente da CVC, preconizou que o mundo do turismo só voltará ao normal no final de 2022. Falou isso no começo do ano e foi metralhado como pessimista .Agora está sendo chamado de otimista .

• O setor de contrabando de vinhos importados do Brasil  cresce a olhos vistos. São lotes adquiridos que chegam ao país sem o protocolo de armazenamento e cuidados exigidos para a sua conservação, o que ocasiona a adulteração significativa do produto.

• A vontade do Grupo CCR, que ganhou a concessão de 15 novos aeroportos no Brasil, é ter um grande aeroporto em São Paulo. De repente Guarulhos ou viabilizar o Nasp (Novo Aeroporto de SP) em Caieiras e Cajamar.

• Gerald Thomas adaptou seu texto “Terra em Trânsito” para os tempos atuais. A peça conta a história de uma atriz trancada no camarim com crise de ansiedade e pode ser vista on-line.

The Beatles – Quem foi Eleanor Rigby?

“Eleanor Rigby” é o título de uma clássica canção da banda The Beatles, mas os fãs sempre se perguntam se essa tal mulher realmente existiu, ou é apenas um personagem? Paul McCartney, autor da música, contou em entrevistas que inicialmente tinha o nome Daisy Hawkins em mente, mas depois mudou para Eleanor em homenagem à atriz Eleanor Bron, que estrelou o filme “Help!” com a banda. Já o sobrenome veio de uma loja que Paul visitou e pensou que soaria bem na música. “Eu simplesmente gostei do nome”, disse ele em 1984.

Contudo, a BBC noticiou que há um túmulo em Liverpool pertencente a uma Eleanor Rigby que faleceu em 1939. O cemitério está localizado na região de Woolton no terreno de uma igreja que possivelmente foi frequentada, no final de 1950, por Paul McCartney. Depois de questionado, McCartney admitiu que pode ter realmente visto a lápide e guardou o nome em seu subconsciente. Apesar do túmulo ser apenas uma coincidência, o local já virou atração turística entre os fãs da banda.

O brilho de um chef brasileiro em Londres

O Chef brasileiro Rafael Cagali , brasileiro e dono do Restaurante Da Terra, em Londres, celebra com sua equipe a segunda estrela no cobiçado  Guia Michelin.  Pouco conhecido dos brasileiros, Rafael Cagali deixou o Brasil com 21 anos e depois de aprimorar seu talento no manejo das panelas em famosos restaurantes na França e Itália , fincou raízes em Londres , com sua própria casa. A fórmula de seu sucesso foi criar uma cozinha contemporânea temperada com aromas e paladares oriundos de sua terra natal. Resultado, aplausos e reconhecimento .

Na carta gastronômica, alguns exemplos da criatividade do chef : moqueca baiana,  que  merece ritual especial . Enquanto  na cozinha se dá início ao preparo da receita, os clientes recebem na mesa um impresso com pequeno histórico da iguaria . Prato à mesa , o chef,ao vivo chega para o show do acabamento, manejando os retoques finais com mandioca , palmito , farofa e castanha do Pará. Na sobremesa, um dos hits é o sorvete de cachaça, com banana mole e caviar .

Amaury Jr. é jornalista e apresentador de TV. É o mais conhecido colunista social do Brasil e considerado o criador do colunismo social eletrônico no país, onde mantém um programa de TV há mais de 40 anos ininterrúptos.

0 Comentários

Deixe um comentário

CLIQUE ABAIXO PARA LER A EDIÇÃO

SIGA A OPINIÃO NAS REDES SOCIAIS

INSTAGRAM

APOIO