segunda-feira, 22 abril, 2024
Seu cabelo pode dizer muito sobre a sua saúde!
Dra. Carolina Brito Jacob

Quem nunca foi tentar resolver seus problemas capilares no salão de cabelereiro, ou terapeuta capilar usando aquele xampu famoso, comprando vitaminas aleatórias na farmácia ou fazendo aquele tratamento indicado por um conhecido que teve ‘ótimos’ resultados?
A calvície, a caspa, a queda de cabelo e outros problemas do couro cabeludo só podem ser tratados com efetividade por dermatologistas com amplo conhecimento em Tricologia – uma subárea da dermatologia que se dedica ao estudo e tratamento dos distúrbios capilares. Apenas esses profissionais podem fazer o diagnóstico correto e apresentar tratamentos específicos para cada paciente. Na prática, a beleza dos cabelos continua sendo papel dos salões; a saúde, no entanto, precisa do apoio médico. “Em tricologia, usamos muito a máxima de ‘Tempo é Cabelo’, ou seja, quanto mais tempo o paciente perde, adiando a ida ao médico, mais a doença pode evoluir e menos cabelos podemos recuperar”, explica a médica dermatologista Carolina Jacob, que conta com uma ampla bagagem na área de Tricologia e responsável técnica pela Clínica Jacob, em Mogi das Cruzes.
Segundo ela, infelizmente, por desinformação, há muitos pacientes ‘em mãos’ de profissionais não habilitados, passando por diagnóstico e tratamento errado, ou não recebendo tratamento. Enquanto isso, as doenças vão evoluindo e ela faz uma alerta: “a grande maioria das doenças capilares não é tratada com vitaminas e nem essas vão fazer os cabelos crescerem mais”.

Quedas de cabelo
“Quedas de cabelo não são todas iguais e nem sempre significam doenças. Existem muitos mitos sobre esse assunto. Por exemplo, é normal que nossos cabelos caiam, afinal, cerca de 10% dos nossos fios estão em fase de queda”, revela a médica. O importante, ela continua, é saber quando é preciso se preocupar: “É recomendável procurar ajuda de um dermatologista se a queda de cabelo persistir por mais de três meses ou essas ocasionarem falhas de cabelos ou perda de volume; ou ainda se vierem associadas a alterações no couro cabeludo, como vermelhidão, coceira, ardência, dor e descamação”.
Por isso, o diagnóstico correto faz todo sentido. Ela cita como exemplo o termo alopecia, que indica quedas de cabelo que geram falhas. A médica relata que existem dezenas de tipos de alopecia (alopecia androgenética, a famosa calvície, alopecia areata, alopecia de tração, alopecia frontal fibrosante, alopecia secundária a outras doenças, a medicamentos e com muitas outras causas).
“Algumas alopécias são causadas por alterações na raiz dos cabelos. Nesse caso, se tratarmos a causa da doença, os cabelos podem voltar a crescer. Há alopecias como a calvície, em que é possível estacionar a evolução da doença e tentar recuperar um pouco dos fios. E há alopecias que provocam cicatrizes, de forma que onde o cabelo caiu não é possível recuperar”, avalia. Dra. Carolina Jacob explica que essas classificações só são possíveis após um exame médico especializado, com a tricoscopia (exame físico com dermatoscópico, espécie de lente de aumento onde se visualiza tanto os fios como o couro cabeludo com mais detalhe) e, algumas vezes, biópsias.


Clínica Jacob
A Clínica Jacob conta com uma equipe formada apenas por médicos dermatologistas especializados em serviços de dermatologia e credenciados pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). O corpo clínico é comandado pela Dra. Carolina Jacob, que é especializada em Tricologia pela Universidade de São Paulo (USP), com complementação em tricologia no Centre Saubouraud em Paris, na França. A profissional também é professora do ambulatório de tricologia na residência médica de Dermatologia da Universidade de Mogi das Cruzes (UMC).
“O diagnóstico correto é fundamental. Na maioria das vezes, não é necessário associação de procedimentos. Porém, nos casos em que há essa necessidade, a Clínica Jacob oferece o que existe de mais moderno e cientificamente comprovado, como MMP, microagulhamento robótico, radiofrequência microagulhada, LED, drug delivery, entre outros”, revela Dra. Carolina Jacob.

Terapia Capilar
Os pacientes da Clínica contam também com o espaço de Terapia Capilar. Nesse local, uma terapeuta capilar, habilitada e formada para isso, poderá complementar o tratamento tanto dos fios de cabelos (enfraquecimento, quebra, aspecto opaco e “sem vida”) como couro cabeludo (descamações, sensibilidade, entre outros).
Há ainda um SPA Capilar, que utiliza o protocolo de tratamento da empresa Pure4u – a primeira empresa desenvolvida para SPA Capilar em consultório Médico Dermatológico, com o intuito de complementação do tratamento médico capilar. “É o único SPA Capilar Médico com esse propósito na região, cujo objetivo é um trabalho multiprofissional do médico e terapeuta capilar com uma linha de produtos feitos para esse propósito. Todos os protocolos que utilizamos são para completar os tratamentos médicos ou, quando se é descartado qualquer tipo de doença capilar, no intuito de embelezar os fios e prevenir as quebras capilares”, destaca a médica, para quem os salões de beleza continuam sendo insubstituíveis: “O salão continua com seu papel de embelezar, das tinturas, dos penteados, dos cortes e das hidratações temporárias”.

Dicas para o dia a dia

  1. Couro cabeludo saudável é couro cabeludo limpo. Se for preciso, pode e deve lavar os cabelos todos os dias.
  2. Suor, poluição, químicas e dispositivos térmicos, como secador e chapinha, contribuem para o ressecamento e enfraquecimento dos fios. Cuidado.
  3. Hidratação e nutrição, todos os fios de cabelos merecem. Não se amarre em cronograma capilar. Isso é individual, cada cabelo tem a sua necessidade.
  4. Couro cabeludo e fios de cabelos envelhecem; por isso, faça tratamentos preventivos.
  5. Evite prender ou dormir com os fios molhados.
  6. Apliques e extensões capilares sempre são prejudiciais. A longo prazo podem causar alopecia por tração e até levar a falhas permanentes dos fios. Evite.
  7. Couro cabeludo sofre queimadura solar, o que pode resultar em câncer de pele. Por isso, proteja-o.
  8. O tratamento do seu amigo não será igual o seu. Cada queda de cabelos tem uma causa; cada pessoa, uma rotina. Procure o médico sempre, não postergue o tratamento.
  9. Hábitos saudáveis irão refletir na sua saúde como um todo, inclusive dos cabelos.
  10. Saúde e beleza podem caminhar lado a lado.


Mais informações:
Endereço: Av. Frederico Straube, 512, Mogi das Cruzes (SP)
Whats: (11) 93934-5009 / 96310-6259
Tel.: (11) 3508-4436 / (11) 4799-8531
Instagram: @clinicajacob_ / @dra.carolinajacob

Tags: , , ,

0 Comentários

Deixe um comentário

CLIQUE ABAIXO PARA LER A EDIÇÃO

SIGA A OPINIÃO NAS REDES SOCIAIS

INSTAGRAM

APOIO