quarta-feira, 28 julho, 2021
Fádua Sleiman é a nova presidente da ACMC

Associação Comercial de Mogi das Cruzes (ACMC) empossou nesta terça-feira sua nova diretoria para o triênio 2021-2023. Durante a cerimônia, que contou com transmissão em tempo real pelas redes sociais, a nova presidente da entidade, Fádua Sleiman, confirmou o compromisso de apoiar todos os empreendedores mogianos. Os projetos apresentados durante o evento incluíram a ampliação do setor de pesquisa da ACMC e a descentralização da entidade.
Fádua será a 33° presidente da associação, que em 2020 completou seu centenário. Sucessora de Marco Zatsuga, ela será a primeira mulher a, simultaneamente, presidir a Associação Comercial, atuar como vice-presidente do Conselho Estadual da Mulher Empreendedora e diretora do Conselho Nacional da Mulher Empresária. “Vou presidir em um momento difícil, em decorrência da pandemia de Covid-19. O mais importante é meu compromisso de assegurar o fortalecimento de cada empresário, independente do tamanho da sua empresa. Vamos aumentar o setor de pesquisa da ACMC, além de descentralizar a Associação Comercial para as regiões de Jundiapeba, Braz Cubas, Vila Oliveira e Cezar de Souza. Implantaremos ainda, o Centro da Mulher Empreendedora, assim como a Universidade do Comércio, entre outros projetos”, ressaltou Fádua.
A nova diretoria da ACMC conta com cerca de 60 empresários dos mais diversos setores do comércio e serviço de Mogi. Zatsuga, que permaneceu à frente da entidade nos últimos anos, fez um balanço de sua gestão: “Não tem sido tarefa fácil, mas entendo que o associativismo se mostra cada vez mais importante para vencer obstáculos”, defendeu.
O deputado federal Marco Bertaiolli, que presidiu a ACMC por dez anos, destacou que a entidade foi essencial para o desenvolvimento de sua carreira. “A Fádua assume a Associação Comercial de Mogi, uma entidade centenária, em um momento muito importante no nosso país, onde precisamos fomentar cada vez mais o empreendedorismo e simplificar a vida de quem gera empregos e trabalha, mesmo no meio de uma pandemia tão severa como esta que estamos atravessando”, analisou.
O presidente do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê, o prefeito de Suzano Rodrigo Ashiuchi, afirmou que a ACMC é um patrimônio de São Paulo. “Enfrentamos um momento tão difícil de uma pandemia que não atinge apenas a saúde, mas a questão econômica e de geração de emprego. É importante acompanhar a troca de uma gestão que dará continuidade a este trabalho”, acrescentou. A vice-prefeita de Mogi, Priscila Yamagami, afirmou que a Prefeitura continuará apoiando o trabalho da entidade. “Este é um ano de muitos desafios, mas esperamos que novos tempos virão. Para isto, temos que estar de mão dadas, unidos, cocriando e construindo”, observou.
O presidente da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), Alfredo Cotait e a presidente do Conselho da Mulher Empreendedora e da Cultura da Facesp, Ana Cláudia Badra Cotait, enviaram vídeos parabenizando a nova diretoria da ACMC. Entre os convidados do evento estavam o vice-presidente da Região Administrativa 3 (Região do Alto Tietê), da Facesp, William Paneque e o diretor financeiro da Associação Comercial e Industrial de Poá, Francisco Quintino.

Nova gestão
Além de Fádua, a diretoria executiva conta com os membros Mohamad Issa, Wilton José Nogueira, Denilson Cruz e Roberto Assi na vice-presidência; Ana Cecília Hune da Costa Ferreira Silva, diretora 1ª secretária, Marco Zatsuga, diretor 2° secretário, Celu Campolino, diretora 1ª tesoureira e Fátima Couto diretora 2ª tesoureira. A gestão para o triênio 2021-2023 é formada por outros 47 diretores de várias áreas de atuação.

Tags: ,

0 Comentários

Deixe um comentário

CLIQUE ABAIXO PARA LER A EDIÇÃO

SIGA A OPINIÃO NAS REDES SOCIAIS

INSTAGRAM

APOIO