quarta-feira, 18 maio, 2022
O Senhor da Guerra

Um lobo saciava sua sede nas águas limpas de um riacho quando viu mais abaixo um cordeiro que também ali bebia. Desceu pela margem e cheio de razões falsas o inquiriu: “Por que você suja a água que eu estou bebendo?” “Como posso sujar a tua água se estou bebendo da correnteza abaixo de você?”
Nessa fábula de Esopo mil razões do cordeiro não seriam suficientes para aplacar o desejo do lobo de devorá-lo. “Na guerra, a primeira vítima é a verdade”, esta frase traduz o beneficio maligno de se usar a estratégia da mentira. Putin é o lobo e o cordeiro é a Ucrânia, o final da história todos nós já sabemos. As armas sempre substituem o diálogo que promove a paz; elas amedrontam, submetem e impõem o adversário a se colocar de joelhos.
A guerra não é só geopolítica ou econômica, ela mata seres humanos como se fossem objetos, sem amor e sem piedade. É evidente que o desejo de Vladimir Putin é instalar em Kiev um governo que o obedeça, caso não aconteça ele irá converter a Ucrânia num Estado falido, como aconteceu com a Alemanha Oriental sob o domínio comunista, após a II Grande Guerra Mundial. O comentarista de economia Celso Ming expõe que a reação dos governos do Ocidente ao ataque russo à Ucrânia foi relativamente leve, não desejando abrir mão da zona de conforto, os revides não deveriam atingir petróleo, gás, fertilizante e grãos.
Você que é um cristão, suavize sua angústia pela fé em Deus nesse tempo de guerra, porque nenhum intento do homem, na prática do mal, pode ultrapassar os limites da Sua vontade, Ele está no controle e os tiranos não podem ir um milímetro além do que está estabelecido por Ele. Os planos de Deus e suas promessas sempre se cumpriram tanto em tempos de guerra como em tempos de paz.
A Bíblia no Salmo 46 diz que Ele é o Senhor da Guerra: “Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente nas tribulações. O Senhor dos Exércitos está conosco. Ele põe fim à guerra, quebra o arco e despedaça a lança; queima os carros no fogo. Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus”. Em janeiro, a concentração de mais de cem mil soldados da Rússia na fronteira da Ucrânia nos fazia crer que tudo estava se movendo na direção de um conflito armado. É o que aconteceu. Mario Vargas Llosa, Prêmio Nobel de Literatura, nos dá uma rápida biografia do homem que está assustando o mundo. Vladimir Putin, nunca foi intelectual nem homem afeito a livros. A educação que recebeu é a de um funcionário da polícia política da KGB. Por algum tempo permaneceu na Alemanha Oriental subordinada ao Kremlin após a 2ª Guerra Mundial, este país comparado com a Alemanha Ocidental tem até hoje atraso de sua Economia.
Boris Ieltsin, ex-presidente da Rússia, após o colapso econômico da União Soviética, democrata bêbado e desajeitado, cometeu o erro de promover Putin e levá-lo ao poder, onde alcançou popularidade ao colocar ordem no país, trazendo a paz e a prosperidade. Hoje, a Rússia deixou de ser comunista para praticar um capitalismo de compadres. Permanecer calado e seguir as disposições do poder são as condições para alguém, aliado de Putin, tornar-se rico e, como tantos outros, bilionário.
Atualmente, na Rússia já não são tão numerosos os que admiram Putin e acreditam em tudo que ele diz. Alexei Navalny desafiou Putin, foi envenenado, sobreviveu e está em uma prisão. O autocrata Putin decretou censura e prisão por quinze ou vinte anos a qualquer pessoa em manifestação pública contra o governo. O povo russo está sendo obrigado a usar a ameaçadora mordaça do poder a fim de calar a liberdade de expressão.
O cristianismo considera assassinato, mentira, suborno, roubo, sequestro e sedução como pecados que devem ser evitados porque os fins não justificam os meios. O socialismo entende que todos esses meios citados são justificáveis se for para estabelecer o regime socialista em outras nações, então, para ele os fins justificam os meios. Apocalipse 21: Jesus Cristo em sua 2ª. Vinda trará a paz e não haverá mais a guerra, e Ele enxugará dos olhos dos seus filhos toda lágrima.

Dr. Mauro Jordão é médico ginecologista.

0 Comentários

Deixe um comentário

CLIQUE ABAIXO PARA LER A EDIÇÃO

SIGA A OPINIÃO NAS REDES SOCIAIS

INSTAGRAM

APOIO