domingo, 28 novembro, 2021
Os benefícios da Nutrição Funcional
Marcela Meni é formada em Nutrição, com extensão em Prática Clínica em Atendimento Nutricional e diversos cursos na área de emagrecimento, estética, esporte e mindful eating. Adepta de bons hábitos, usa a caminhada para colocar seus pensamentos no lugar e acredita que é importante investir em qualidade nutricional, não apenas para o corpo físico, mas se nutrir de bons pensamentos e boas relações pessoais, afinal, tudo está integrado.

Os cardápios balanceados marcaram por décadas a Nutrição. Incorporada à especialidade, a Nutrição Funcional dedica atenção à saúde digestiva como resultado do equilíbrio do intestino, também reconhecido como um “segundo cérebro”. Quando trabalha de forma desiquilibrada pode alterar humor, causar stress e ansiedade, além de alergias, enxaqueca e tantas outras doenças, que apesar de tão diferentes, podem ter a mesma origem. Manter uma flora intestinal saudável ajuda também a entender questões ligadas ao processo de emagrecimento e saúde da pele. Responsável pela digestão, o intestino abriga um sistema nervoso próprio. Dentre outras funções significativas, a flora e a microflora intestinais, também chamada Microbiota Intestinal, atuam para garantir a maior parte da imunidade do corpo humano. Até o hormônio da serotonina, regulador da sensação de bem-estar, é liberado no organismo a partir do intestino.
Uma orientação nutricional tem início com o levantamento dos hábitos alimentares e do estilo de vida da paciente. A qualidade da alimentação interfere de forma positiva para a solução de desconfortos como constipação – intestino preso ou prisão de ventre, além de gases ou diarreia. “Considera-se o intestino como um órgão de absorção de alimentos, uma forma de transportar o interno para o ambiente externo. A Nutrição fortalece o importante órgão, melhora a saúde em geral e promove o bem-estar, otimiza a função intestinal, ou seja, dá suporte para que o intestino execute sua função: digestão, absorção de nutrientes e excreção.”, comenta a nutricionista, Marcela Meni.

• Livre-se dos maus hábitos – Sedentarismo, fumo, álcool, pular refeições, beber pouca água, comer rapidamente, ingerir em excesso carboidratos refinados e alimentos ultra processados, assim como evitar o consumo de frutas, vegetais e fibras.
• Comece com escolhas saudáveis – A classe dos alimentos prebióticos, probióticos e simbióticos tem a função de colonizar e proteger a parede intestinal, evitando, assim, que micro-organismos patogênicos façam mal à saúde.
“Reforço que a alimentação e a saúde do intestino associadas a um estilo de vida saudável apresentam uma ligação direta. Para a prevenção deste distúrbio é essencial uma reeducação alimentar. A ciência tem vindo a mostrar que o intestino é um dos melhores indicadores para avaliar a saúde de um indivíduo.”, finaliza Marcela.

Sobre a Clínica GW
A Clínica GW é um espaço multidisciplinar, orientado para SkinCare & Health, com a participação de diversas especialidades como a Dermatologia, Tricologia, Estética, Fisioterapia Dermatofuncional, Endocrinologia, Nutrição, Cirurgia Vascular, Micro pigmentação e Podologia oferecendo aos pacientes uma experiência única em um mesmo local. Movidos por este propósito, a Clínica GW sempre está em busca de tratamentos, procedimentos e protocolos que sejam capazes de proporcionar bem-estar, saúde e beleza harmônica.

Mais informações:
Rua Adelino Torquato, 59 – Mogi das Cruzes –
Tel.:2312–1374 11 99655–0670IG @clinicagw
Site: www.clinicagw.com.br

Tags: , ,

0 Comentários

Deixe um comentário

CLIQUE ABAIXO PARA LER A EDIÇÃO

SIGA A OPINIÃO NAS REDES SOCIAIS

INSTAGRAM

APOIO