quarta-feira, 6 dezembro, 2023
Honda Moto Field realiza mais de cem cursos gratuitos de pilotagem segura


Os acidentes de trânsito estão entre as principais causas de mortes no País. Nesse contexto, as motocicletas estão entre os veículos mais vulneráveis e que exigem atenção e cuidados ainda mais redobrados. É por isso que a Honda tem investido cada vez na capacitação de instrutores e na oferta gratuita de programas de direção defensiva e pilotagem segura. Na Região do Alto Tietê, mais de 100 cursos já foram aplicados, beneficiando milhares de pessoas, além de empresas e órgãos públicos. O objetivo principal é conscientizar a sociedade sobre a importância do tema. “A Honda acredita que um trânsito seguro é possível a partir da educação e dá todo o suporte para tornar esse projeto uma realidade para todos”, revela o site da empresa.

   “Temos um centro de treinamento e educação no trânsito que fica na cidade de Indaiatuba (SP). Lá, é realizada a formação de instrutores de pilotagem. Em seguida, replicamos essa formação aqui nas concessionárias do nosso grupo, atingindo as cidades de Guararema, Santa Isabel, Arujá e Mogi. O treinamento tem a chancela da Honda e, para cada participante, emitimos um certificado”, explica o consultor técnico e piloto de teste da Honda Motofield, Eduardo Schmidt Brancher. Segundo ele, mais de 100 treinamentos já foram aplicados na Região, considerando profissionais autônomos, funcionários de empresas, frotistas e órgãos públicos. Recentemente, em parceria com a Prefeitura de Mogi, o curso beneficiou agentes de trânsito e funcionários do Serviço Municipal de Água e Esgoto (Semae).

   Os treinamentos são realizados de forma prática, em locais públicos cedidos pela Prefeitura, e teórica, diretamente nas empresas ou na matriz da própria concessionária, em Mogi. “O intuito é o cunho social, educativo e evitar mais acidentes. Não tem custo nenhum para as pessoas e empresas. Utilizamos equipamentos próprios e contamos com instrutores capacitados”, completa.

Conteúdo

   Durante o programa, as pessoas também são orientadas sobre a importância de usar os equipamentos de segurança e fazer a manutenção preventiva da motocicleta. “Há vários equipamentos de segurança que podem proteger o motociclista. Apesar disso, pela legislação brasileira, o único equipamento obrigatório é o capacete. Ainda assim, muitos ainda andam com o capacete errado, com numeração errada, sem afivelar, danificado ou que, por ter sofrido alguma queda, não cumpre mais o papel dele”, alerta Eduardo.

   Ele também lembra que é preciso conscientizar as pessoas de que a moto é um veículo bacana, econômico, mais rápido que o carro, que traz inúmeros benefícios no dia a dia e que proporciona momentos únicos de lazer. Porém, é também um veículo frágil, que exige atenção e muito cuidado: “Você pode cair sozinho, escorregar no óleo, ficar vulnerável em pistas molhadas. Por isso, os cuidados são primordiais”.

    Dados da Honda apontam que em mais 90% dos acidentes a responsabilidade é do condutor. Os principais motivos são as distrações (uso do celular, som, porta luvas), o excesso de velocidade e o desrespeito à sinalização. Da mesma forma, milhares de pessoas morrem por ano vítimas de acidentes de trânsito no Brasil. Para mais sobre os treinamentos ou se inscrever em algum deles, basta procurar uma unidade da Honda Motofield.

Mais informações:

• Mogi das Cruzes – Av. Francisco Ferreira Lopes, 65, Vila Lavínia. – Telefone: (11) 4735-8400

• Mogi das Cruzes – Centro – Av. Vol. Fernando Pinheiro Franco, 100 – Telefone: (11) 4726-4643

• Arujá  – Av. João Manoel, 303, Centro. – Telefone: (11) 4735-7500

• Guararema – R. Dona Laurinda, 518, Centro. Telefone: (11) 4693-2824

• Santa Isabel – Av. da República, 865, Centro. Telefone: (11) 4657-7979

Instagram: @hondamotofield

Facebook: motofield.honda

Site: www.motofield.com.br

Tags: , ,

0 Comentários

Deixe um comentário

CLIQUE ABAIXO PARA LER A EDIÇÃO

SIGA A OPINIÃO NAS REDES SOCIAIS

INSTAGRAM

APOIO